Coding Dojo Floripa

Desenvolvimento Ágil

Archive for Julho, 2008

Seus testes com Selenium são muito lentos? Eu tenho a solução!

Posted by Ivan Sanchez em Quinta-feira, Julho 24, 2008

E é bem simples, por sinal:

A melhor maneira de acelerar Selenium é usar menos Selenium

Ou seja: use mais testes de unidade, mais testes de integração e dependa menos dos testes a partir da interface com o usuário. Use Selenium apenas para validar a navegação, mas não regras de negócios. E, finalmente, use Page Objects, porque pior do que testes difíceis de se executar são testes difíceis de se manter.

Anúncios

Posted in Programming, TDD | Leave a Comment »

Ajude a traduzir a Fixture Gallery

Posted by Ivan Sanchez em Terça-feira, Julho 8, 2008

Como já escrevi há algum tempo atrás, a Fixture Gallery é uma das melhores referências sobre FIT/FitNesse que eu conheço. Então resolvi dar o pontapé inicial e traduzí-la para o português para facilitar ainda mais a vida dos brazucas, e de quebra incentivar quem não manja tanto de inglês a colaborar nas próximas versões do documento.

Depois de falar com o Gojko já fui incluído no projeto e estou traduzindo os primeiros capítulos. Se você quiser ajudar da tradução, pode começar dando uma olhada nos fontes que estão no projeto do Source Forge e entrar em contato comigo via comentários ou e-mail se quiser botar a mão na massa. Qualquer um pode ajudar.

Ah! O documento foi feito usando DocBook, então se você se interessa pela ferramenta também é uma boa maneira de aprender um truque ou outro…

Posted in FitNesse | Leave a Comment »

5 razões para ter um coding dojo na sua empresa

Posted by Ivan Sanchez em Terça-feira, Julho 1, 2008

1. É a maneira mais fácil e barata de investir em treinamento

As reuniões do dojo não precisam muito mais que um computadores e um projetor emprestados. Pagar pizza e umas cervejas para o final das reuniões também não sai caro, e com certeza é muito bem-vindo. Agora, se a empresa for bacana mesmo, pode-se tentar algumas reuniões no horário de trabalho para incentivar que mais pessoas participem. Nada disso custa rios de dinheiro, nem é muito complicado. Só é preciso um pouco de iniciativa por parte dos desenvolvedores e bom senso em investir nas pessoas por parte da empresa.

2. Estimula habilidades sociais e de auto-organização

Muitos desenvolvedores têm alguma dificuldade para falar em público, expor suas idéias e colaborar com outras pessoas. Outros têm dificuldade de se organizar, trabalhar em equipe ou até mesmo liderar. Quando é que uma empresa investe neste tipo de habilidade de um desenvolvedor? Raramente. O dojo é um ótimo começo para estas pessoas, e mesmo quem não possui nenhuma dessas dificuldades acaba tendo a chance de aprender coisas novas e explorar pontos que precisa melhorar.

3. É publicidade para a empresa

Se a empresa já deu o primeiro passo e os desenvolvedores estão confortáveis com a rotina do dojo, por que não abrir as portas para outras pessoas? O nome da empresa vai ficar associado aos princípios ágeis por trás do dojo e ninguém terá que sair do escritório para fazer networking. E de quebra, pode ser que nem precisem mais postar anúncios de emprego por aí, já que candidatos em potencial já farão parte da rotina da empresa.

4. Incentiva os desenvolvedores a participarem da comunidade

Divulgando o dojo da sua empresa em listas de discussão e fóruns das tecnologias que são aplicadas nas reuniões podem dar um incentivo a mais para os desenvolvedores trocarem idéias na comunidade de desenvolvimento de software em geral. Além disso pode ser o primeiro passo para participação em projetos open source, publicação de artigos e participação de conferências.

5. Quebra a rotina

Programar algo diferente dos projetos do dia-a-dia, em outras linguagens, usando outras técnicas, com outras pessoas e numa dinâmica bem mais informal do que os projetos das empresa exigem pode ser muito estimulante no final das contas.

Então, será que precisa de mais motivos? Infelizmente não estou mais no Brasil para poder participar das reuniões que estão acontecendo por aí, mas ficarei muito contente em ajudar qualquer um que queira botar um dojo em prática no seu ambiente de trabalho. As listas do dojo de SP e Floripa também estão de portas abertas para tirar dúvidas e incentivar essa idéia.

Posted in Dojo | 4 Comments »